Connect with us

Notícias

Prefeitura de Alagoa Grande esclarece que dentista contratado para PSF não é funcionário fantasma

Postado

em

Após denúncia sobre a deficiência no atendimento odontológico em um Posto de Saúde da Família (PSF) na cidade de Alagoa Grande, localizado no distrito de Zumbi, o secretário de saúde da cidade, André Fernandes da Silva, juntamente com o coordenador de saúde bucal da cidade, Henrique Gonçalves Esmeraldo, procuraram o ClickPB para esclarecer a situação. A secretaria de Saúde de Alagoa Grande, representando o prefeito Antônio Sobrinho, esclareceu que Ícaro Gomes de Castro não é um funcionário fantasma.

De acordo com os gestores da saúde na cidade, a antiga dentista que atuava no Posto de Saúde do distrito de Zumbi pediu a exoneração do seu cargo no mês de março. Desde então, foram feitas convocações de classificados em concurso público vigente até este ano de 2018 para efetivar a sua substituição. No entanto, até o momento, nenhum dos convocados compareceu à Prefeitura para tomar posse no cargo.

“Nós não poderíamos contratar outro dentista de imediato porque tem um concurso em vigência. Então nós teríamos que chamar o dentista do concurso. Estamos chamando e ninguém apareceu”, detalhou o coordenador de saúde bucal, Henrique Gonçalves Esmeraldo.

No mês de fevereiro não houve atendimento odontológico no PSF porque a antiga dentista estava de férias. Nos meses posteriores, foi adotada uma escala especial para promover o rodízio de dentistas de outras unidades de saúde da cidade para garantir o atendimento no PSF de Zumbi.

Em maio e junho foi feito o rodízio. Henrique explicou que adotou a estratégia de quatro manhãs com atendimento odontológico no PSF de Zumbi. Os dias de atendimento então, estavam acontecendo na “terça, quarta, quinta e sexta porque eu também não poderia deixar os outros postos totalmente descobertos”, segundo Henrique Gonçalves Esmeraldo.

No mês de julho, a secretaria de Saúde conseguiu contratar um dentista para substituir uma profissional que pediu licença sem vencimento pelo período de dois anos. Ícaro Gomes de Castro pela secretaria de Saúde por excepcional interesse público. O primeiro mês de trabalho de Ícaro foi feito em outra unidade de saúde para possibilitar o acompanhamento e treinamento pelo coordenador de saúde bucal da cidade. Este fato explica a denúncia dos moradores do distrito de que o dentista contratado não estava atuando no PSF de Zumbi.

“Ícaro, de fato, é contratado e estava trabalhando. Portanto, não é e nunca vai ser funcionário fantasma”, ressaltou o secretário de Saúde, André Fernandes da Silva.

Blog do Galdino/Com Click PB