Bruno Cunha Lima acredita que Romero Rodrigues ficará na oposição em 2022

Imagem capturada no Instagram de Ronaldo Cunha Lima.

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD), disse que não acredita numa adesão de Romero Rodrigues ao grupo de João Azevêdo (Cidadania). O ex-prefeito de Campina Grande tem o nome cogitado numa possível composição com o atual governador da Paraíba. O gestor concedeu entrevista à Rádio Correio nesta quinta-feira (11).

“Eu não acredito numa ida do ex-prefeito Romero para a base do governo. Eu particularmente não acredito, mesmo ele não sendo o candidato a governador”, disse Bruno.

O gestor destacou seu empenho na construção de uma candidatura do grupo de oposição na Paraíba. Bruno revelou que sempre “defendeu” o nome do ex-prefeito de Campina Grande como alternativa do bloco para as eleições do próximo ano.

“Eu sou um defensor da candidatura da oposição. Dentro do campo da oposição, sempre defendi a candidatura de Romero”, argumentou Bruno.

Blog do Galdino