CASAS: Vereadores reprovam atitude de Raniery por estadualizar assunto de Guarabira

O programa jornalístico Paraíba Agora, coordenado pelos radialistas Raelson Galdino e Pedro Júnior, na Rádio Constelação, procurou ouvir alguns vereadores de Guarabira durante a sessão ordinária da última quinta-feira (10). A proposta era saber a opinião dos parlamentares entorno da polêmica generalizada pelo deputado estadual Raniery Paulino (MDB). O emedebista politizou a obra do Conjunto Residencial Jáder Soares Pimentel, estadualizando um assunto municipal.

Âncora do programa, Pedro Júnior se dirigiu à Casa Osório de Aquino e ouviu os vereadores Raimundo Macedo, Wilson Filho, Nal do São do José, Josa da Padaria e Rosna Emídio. Os parlamentares disseram que Raniery nunca manteve qualquer contato expondo o interesse de discutir o tema na Câmara Municipal de Guarabira.

O vereador Nal do São José, líder do MDB, mesmo partido de Raniery, contou que o deputado nunca manifestou qualquer interesse junto ao seu gabinete para debater o assunto no poder legislativo guarabirense. Faltou sintonia de Paulino com os vereadores do mesmo bloco.

Raimundo Macedo, vereador mais votado nas eleições de 2020, ressaltou a importância da obra conquistada pelo ex-prefeito Zenóbio Toscano para Guarabira. Faltando apenas questões burocráticas para ocorrer ás entregas dos imóveis, Raimundo disse que existe pessoas “querendo colocar a cereja no bolo”, tentando ser o “benfeitor” da obra.

O presidente da Câmara, Wilson Filho (PL), também revelou que não houve interesse algum de Raniery discutir o assunto na Casa Osório de Aquino. Ficando claro que o deputado nunca enviou qualquer ofício à Câmara de Guarabira demonstrando interesse para debater o tema com os vereadores.

Os vereadores Josa da Padaria (líder das oposições) e Rosane Emídio, desaprovaram a atitude de Raniery, alegando que o assunto é exclusivo de Guarabira. Josa disse que “algumas pessoas não sabem legislar, precisam aprender”. Rosane entendeu que o teor da discussão deveria ocorrer no território de Guarabira.

Assim, ficou bastante claro que os parlamentares não aprovaram a ideia de o tema ser levado para a Assembleia Legislativa da Paraíba.

Blog do Galdino