Célio se esquiva e não participa de eventos com João e nem com Ricardo

Célio comemorando aniversário (Foto: Facebook de Célio Alves).

Nenhum, muito menos o outro, essa foi à forma encontrada pelo secretário executivo do Orçamento Democrático Estadual, Célio Alves, de se esquivar de eventos programados no último final de semana. Simples de explicar, o governador João Azevêdo participou sábado (31) em Alagoa Grande do encerramento da Rota Cultural Caminhos do Frio, que homenageou Jackson do Pandeiro. Contudo, Célio optou em organizar o seu aniversário, cobrando R$ 10 reais por pessoa na entrada da Maison D’Mel Laguna, em Guarabira, local da festividade.

A comemoração do aniversário de Célio, conforme banner de divulgação, iniciou-se ao “meio-dia”. A ida de João Azevêdo à Alagoa Grande ocorreu apenas à noite, chegando à cidade por volta de 21h00. Tempo suficiente para o secretário se locomover de Guarabira à terra de Jackson do Pandeiro, uma distância de apenas 28,6 km, ou seja, cerca de 35 minutos de carro. Vale lembrar que o Governo do Estado organizou junto com a Prefeitura a festividade que marcou o centenário de Jackson, mais um motivo para a presença do secretário ao evento, já que é considerado intermediário do governo na região.

Governador João Azevedo em Alagoa Grande (Foto: Blog do Galdino).
Registro do ato SOS Transposição (Foto: WhatsApp).

Estaria Célio se esquivando de manter um encontro público com o governador João, tendo em vista que no dia seguinte, domingo 01 de setembro, o seu “padrinho político” (Ricardo Coutinho) realizaria um ato em Monteiro, denominado SOS Transposição? A pergunta permanecerá no ar. Ressaltamos que não há registros que o mariense participou do ato organizado na Paraíba por Ricardo Coutinho.

Para não magoar os dois lados, Célio preferiu se resguardar, ou seja, “nenhum, muito menos o outro”. Desta forma permanecerá chefiando a Secretaria do Orçamento Democrático Estadual da administração de João Azevêdo, e comandando a Comissão Provisória do PSB de Ricardo Coutinho em Guarabira.

Blog do Galdino