Comércio de Guarabira volta a fechar ás portas por recomendação do Ministério Público

À medida que permitia o funcionamento do comércio de Guarabira foi editada pelo prefeito em exercício Marcus Diogo (PSDB) nesta terça-feira (05). O gestor atendeu a recomendação do Ministério Público, através da promotora de justiça Drª Edivane Saraiva, que recomendou o fechamento do comércio na cidade. Com a alteração, o município passa a seguir o decreto do Governo do Estado que proíbe a abertura de alguns estabelecimentos comerciais.

As medidas adotadas são correlacionadas ao enfrentamento da pandemia causada pela COVID-19, o novo coronavírus. Guarabira registrou 04 novos casos da doença ontem (05), totalizando o número de 28 pessoas infectadas pelo vírus. O comércio havia retornado suas atividades há 16 dias, em 20 de abril. Os comerciantes reabriram ás portas após cumprirem uma determinação do município, onde permanecerem fechados por 15 dias.

O comércio não tem a permissão de abrir ás portas a partir desta quarta-feira (06). Apenas os serviços essenciais para a população funcionará, conforme horário estabelecido pela Prefeitura. O prefeito Marcus Diogo (PSDB) disse ontem (05) em entrevista na Rádio Constelação FM, que iria acatar a recomendação do MP.

Blog do Galdino