Contratados são demitidos em Araçagi devido à crise financeira

Alguns funcionários contratados no início dos trabalhos administrativos da prefeitura de Araçagi, Região Metropolitana de Guarabira, foram exonerados durante a semana. O prefeito Murílio Nunes (PSB) havia anunciado no dia 12 de maio do decorrente ano, durante reunião com secretários e vereadores na Câmara, que haveria a necessidade de demitir aproximadamente 100 contratados.

Durante o encontro, Murílio revelou que o município enfrenta uma crise financeira, e precisava exonerar alguns contratados, informou que não adianta deixa-los no cargo, sabendo que não terá verbas para pagar os salários.  Até o momento, foram divulgadas as demissões nas áreas da Cultura, Educação, Saúde e Comunicação.

A educação foi à pasta mais afetada, foram 32 exonerações, entre coordenadores pedagógicos, diretores e vice-diretores de escolas, motoristas e colaboradores na Secretaria. A Cultura e a Comunicação foram às menos atingidas, uma exoneração cada.

Na saúde não houve a divulgação dos números de exonerados, a editoria do Blog, conseguiu colher que pelo menos, 10 profissionais recebeu o comunicado da demissão, só no Hospital Municipal, seis contratados foram demitidos.

Não foram divulgados o número exato de demitidos no município.