Juíza julga improcedente representação de Roberto Paulino contra o Blog do Galdino

A juíza eleitoral da 10º Zona, Silse Maria da Nóbrega Torres, julgou improcedente uma representação da Coligação SOMOS TODOS GUARABIRA, do candidato a prefeito Roberto Paulino (MDB) contra o radialista Raelson Galdino e o Blog do Galdino. A Coligação encabeçada pela o MDB alegou que o Blog do Galdino publicou uma “notícia com cunho difamatório contra o candidato Roberto Paulino” e pediu a suspensão da matéria. Porém, a juíza não encontrou motivos para suspender o conteúdo e decidiu manter no ar a reportagem.

“Não vislumbro motivos para a retirada da reportagem. Não fora dito que o Senhor Roberto Paulino demitiu alguém que não teria intenção de votar nele. Foi relatado, tão somente, que pessoas estavam sendo perseguidas por não votarem no candidato apoiado pelo Governo Estadual, e que um vigilante teria sido demitido. Inclusive o representado Raelson juntou áudios que expõem conversa entre a diretora do colégio e o vigilante, mostrando que o fato ocorrera”, descreveu a magistrada.

Acesse: Vigilante é demitido de escola do Estado por não votar em Roberto Paulino

A juíza citou vários trechos da reportagem em sua decisão, em nenhum momento disse que o conteúdo atacou à honra de Roberto Paulino e revelou que não existem indícios que comprovem a falsidade da matéria publicada pelo o Blog do Galdino.

“Seria diferente o entendimento, se a falsidade da publicação fosse evidente, o que não se pode atestar, pois não há provas de que o relatado seja falso, nem tampouco vê-se ofensa ao candidato Antônio Roberto Paulino, já que não teria sido ele quem demitira o vigilante mencionado na reportagem, por não apoiá-lo”, disse a magistrada.

Clique aqui e veja decisão da juíza.

Blog do Galdino