PSD cria comissão para avaliar impeachment de Bolsonaro após ameaças

O PSD vai criar uma comissão de acompanhamento do impeachment do presidente Jair Bolsonaro, após os discursos de ameaças feitas durante discursos do dia 7 de Setembro. A informação é da coluna Painel, do jornal Folha de São Paulo.

A comissão terá como objetivo analisar continuamente os pronunciamentos e a conduta de Bolsonaro, com o objetivo de definir qual postura o PSD deverá tomar diante deles, que pode ser, ao fim, o apoio oficial ao pedido de impeachment do presidente.

“A cada dia vemos aumentar a instabilidade e o PSD está acompanhando essa situação com muita atenção”, afirmou Gilberto Kassab, presidente do partido, que tem se voltado cada vez mais para o apoio à retirada do presidente do cargo.

Ela será composta, a princípio, pelo senador Nelsinho Trad, líder do PSD no Senado, Antônio Brito, líder do partido na Câmara, e Kassab.

Matéria do Mais PB