Roberto Paulino vira o jogo e conquista liderança em Guarabira

Era pouco provável imaginar um enfraquecimento da cúpula comandada por Célio, uma pessoa autoritária e com o perfil tirano. Para alegria de muitos e tristeza de poucos, ele simplesmente perdeu ás coordenadas em Guarabira. Há quem diga que isso seria impossível de acontecer, porém, acabou ocorrendo. De mandatário tornou-se subordinado ao novo chefe de governo.

Roberto Paulino foi nomeado pelo governador João Azevêdo na última terça-feira (20), data comemorativa de seus 70 anos de idade. O ex-governador virou o chefe de todos os secretários estaduais, inclusive de Célio. Paulino é o novo responsável pelas coordenadas do Governo Estadual em Guarabira. É evidente, o radialista ficou abaixo e para tomar qualquer decisão precisará consultar o emedebista.

É claro o objetivo de Roberto, o grupo de João terá a obrigação de apoiar o projeto de reeleição do deputado Raniery Paulino nas eleições do próximo ano. Isso muda literalmente o discurso de Célio, isso porque, o secretário havia declarado no mês de abril, que não há qualquer acordo político entorno de Raniery visando o pleito eleitoral de 2022.

O mundo gira e nessa movimentação ás palavras precisarão serem engolidas sem qualquer “gole” d’água ou taça de vinho. Baixar a guarda é o próximo passo do radialista e de sua tropa, Roberto sabe jogar e não irá perdoar um Fair Play fantasioso na disputa de 2022. Ficou claro, Roberto e Raniery viraram o jogo, subiram degraus e conquistaram a elite do grupo em Guarabira com o apoio de João.

O emedebista volta ao comando de uma estrutura executiva após a ex-prefeita Fátima Paulino (MDB) deixar a Prefeitura de Guarabira, na ocasião, passou o bastão para Josa da Padaria. São oito [8] anos e sete [7] meses sem coordenar uma gestão municipal e dez [10] anos e oito [7] meses distante do Governo Estadual, até aderir à João em julho de 2020.

Blog do Galdino