SEM SAÍDA: Renato é forçado a se retratar após rasgar livro do Regimento Interno

O vereador Renato Meireles (Cidadania) ficou encurralado durante sessão ordinária desta terça-feira (05) na Câmara de Guarabira. Os blocos de situação e do Centrão exigiram do parlamentar uma retratação após rasgar o Livro do Regimento Interno da Casa Osório de Aquino. Sem saída, restou ao vice-presidente reconhecer seu o erro e prometer uma ponderação nas próximas discussões da Câmara.

O Blog do Galdino escreveu sobre o comportamento atípico de Renato por não saber perder. Não foi fácil para o parlamentar se desculpar, assista o momento através da TV Independente.

O líder do bloco situacionista, vereador Tiago do Mutirão (PSDB), tomou a iniciativa de cobrar um pedido de desculpas do vice-presidente da Câmara. A cobrança foi seguida pelo líder do Centrão, vereador Saulo de Biu (MDB). Instantes depois, a vereadora Jussara Maria que havia se retirado da sessão após Renato rasgar o livro, voltou a defender o Regimento Interno antes da retratação pública.

Cobrar o pedido de desculpas foi a melhor opção, protege a imagem da Câmara e evita qualquer constrangimento ao Poder Legislativo. A maioria entendeu que o Regimento Interno é a “bíblia sagrada” da Câmara e precisa ser protegida por todos.

Blog do Galdino