“Sob hipótese alguma voto no governador João”; Destacou Camila Toscano

A deputada estadual Camila Toscano (PSDB) descartou apoiar a reeleição de João Azevêdo (Cidadania) nas eleições de 2022. A parlamentar defende uma candidatura das oposições. O PSDB está paciente e aguarda um posicionamento de Romero Rodrigues (PSD).

“Meu entendimento é único e claro. A gente fica na oposição. Sob hipótese alguma voto no governador João Azevêdo e já defendi isso dentro do partido”, destacou Camila.

Camila revelou os motivos que reforça sua tese de permanecer na oposição, sobretudo, defender uma candidatura das oposições na Paraíba. A parlamentar deixou claro que não pretende voltar atrás sobre seus posicionamentos entorno de João Azevêdo, principalmente na Assembleia Legislativa da Paraíba.

“A Paraíba precisa mudar. A minha região é esquecida pelo governo. As pessoas estão sofrendo com a falta d’água e a culpa é do governo. A culpa é da Cagepa que foi inerte esse tempo todo. Eu não posso brincar com as pessoas e dizer que eu estava errada. Eu tenho um legado a defender que é do meu pai (Zenóbio Toscano, in memorian)”, enfatizou Camila.

Camila aguarda uma definição por parte de Romero, tendo em vista que o ex-prefeito de Campina Grande ainda não decidiu se marchará com o governador. A parlamentar disse que, em caso de união entre PSD e Cidadania, o PSDB não acompanhará.

“O PSDB vai ter a postura de esperar. Se houver uma aliança entre o PSD com João, a possibilidade do PSDB ir é zero. Eu não acredito no governo João, que foi eleito com o dinheiro de corrupção comprovado pelo Ministério Público”, revelou Camila.

Camila enfatizou a união dos partidos de oposição, acreditando que o grupo (oposicionista) não irá cometer o mesmo erro do pleito anterior. A deputada garantiu que o bloco apresentará até o fim de novembro o pré-candidato ao Governo do Estado.

“Errar é humano, repetir, não. O PSDB tem um prazo longo. Ainda falta um ano para as eleições. Já se fala em composição de chapa quando se tem 10 meses para as convenções, mas o PSDB não vai esperar e deste mês não passa. A oposição vai mostrar o seu candidato”, disse Camila.

Blog do Galdino