Sobrinho revela que estado não libera o dinheiro para contratação de Elba Ramalho em Alagoa Grande

O prefeito de Alagoa Grande, Antônio Sobrinho (PSD), demonstrou sua insatisfação com o impasse referente à verba parlamentar de R$ 500 mil destinada pelo deputado estadual João Bosco Carneiro para o município. Sobrinho concedeu entrevista neste domingo (21) ao radialista Raelson Galdino, no programa Paraíba Agora pela Rádio Rural AM de Guarabira.

De acordo com Sobrinho, o recurso está travado na Secretaria de Estado da Cultura da Paraíba, o dinheiro seria utilizado na contratação da cantora Elba Ramalho, para homenagear Jackson do Pandeiro. Em agosto se comemora os 100 anos de nascimento do Rei do Ritmo, e coincide com a Rota Cultural Caminhos do Frio, que também homenageará Jackson.

Sobrinho revelou que o Secretário Estadual de Cultura, Damião Ramos, havia informado que apenas R$ 300 mil seriam destinados à Alagoa Grande, contudo, o recurso permanece bloqueado, impossibilitando a contratação da cantora Elba Ramalho. Sobrinho declarou que a Prefeitura Municipal já contratou o artista Biliu de Campina, que canta as músicas de Jackson do Pandeiro.

Sobrinho esclareceu que os recursos não são administrados pela Prefeitura, a verba é controlada pela Secretaria de Estado da Cultura da Paraíba. Sobrinho disse que se reunirá com o deputado João Bosco e juntos irão procurar alternativas com o governador João Azevêdo (PSB).

Blog do Galdino