Suplente: O erro do discurso atinge lanços familiares de secretário na tribuna da Câmara em Alagoa Grande

Recentemente uma enxurrada de críticas infundadas foram realizadas pelo suplente de vereador Gilberto Marques (PR) a administração do prefeito Antônio Sobrinho (PSD), embora relate que não critica a gestão, Marques sempre encontra brechas para atirar contra a administração de Sobrinho. Certamente insatisfeito por não ocupar algum cargo na prefeitura, sempre optando em formular um discurso de ódio, chegando a incluir nomes de familiares de secretários em seus pronunciamentos.


Antes de apresentar o discurso vexatório adotado pelo suplente, frisarei aqui o porquê do novo Estádio Municipal (que será construído em Alagoa Grande) ser chamado “O Chibatão”, um dos pontos debatidos no município, e o principal motivo das falas. Durante solenidade para a assinatura de um convênio entre a Prefeitura de Alagoa Grande e a Fecomércio (órgão responsável pelas instituições SESCSENAC) que disponibilizou carretas, que realizam atendimentos na saúde da mulher, com a realização de exames Citológicos e Papanicolau, além de cursos profissionalizantes. Veja foto abaixo da solenidade.

Lembrando que essa solenidade ocorreu no dia 28 de agosto, do decorrente ano. Pois bem, na oportunidade o prefeito Sobrinho disse durante o discurso se referindo as críticas e de ser chamado pelos opositores de o ‘senhor chibata’, revelou que o novo Estádio se chamará “O Chibatão”. Essa declaração tem incomodado a oposição, não gostaram da ideia e a singela homenagem do gestor ao apelido recebido. Explicado de onde surgiu o nome “O Chibatão”, daremos sequência.

Ítalo havia publicado três dias após o anúncio de Sobrinho, fotografias do local onde será construído o novo estádio, e escreveu o seguinte; “O novo Estádio de Futebol O Chibatão, começando a tomar forma. Mais uma importante obra do prefeito Sobrinho que irá marca uma NOVA HISTÓRIA no esporte de Alagoa Grande”, publicou na rede.

Essa publicação foi suficiente para o suplente Gilberto utilizar a tribuna da Câmara de Vereadores e atacar o Secretário Ítalo Avelar. Inclusive disse que Ítalo é incapaz e não tem amor pelo seu pai. Tendo em vista que o genitor do Secretário foi um grande desportista em Alagoa Grande e na Paraíba.

“Até isso aí ele esqueceu, está provando que não tem amor pelo seu pai”, disse. Percebe-se o discurso de ódio do suplente, ao incluir laços familiares do Secretário. Ítalo revelou que aguarda uma retratação do suplente, tendo em vista que o mesmo rompeu barreiras, ao se referir do sentimento de amor que tem para com seu pai.

Gilberto aproveita o curto período que tem na Câmara, na oportunidade assumiu a vaga do vereador Fabrício Fortunato (PSDB), que se ausentou da casa para tratar assuntos pessoais. Certamente em não ocupar cargos na gestão, o discurso do suplente deverá permanecer. É aguardado o pedido de desculpas na tribuna e o reconhecimento que errou, ao apontar o Secretário Ítalo como autor do nome “O Chibatão” para o Estádio.

Ítalo se pronunciou e classificou Marques, como ‘vereador temporário’, tendo em vista que o suplente chamou o Secretário de incapaz. Avelar fez um comparativo seu com Gilberto, ele [Gilberto] também já ocupou a pasta de esporte em gestões passadas. Ítalo apresentou as ações que desenvolveu a frente da pasta em apenas oito [8] meses de administração, superando o suplente e ex-secretário. Não irei citar porque são muitas, mais é nítida a alegria dos desportistas alagoagrandenses com o avanço na prática esportiva no município. Para encerrar e apontando a insatisfação dos opositores ao nome dado para o novo Estádio, esta semana o prefeito Sobrinho reafirmou que o novo Estádio será chamado “O Chibatão”, garantiu.

Aguardaremos uma retratação do suplente com o Secretário e com a administração, não adianta fazer oposição, só para ser visto como oposição.

Inauguração: Em breve os munícipes acompanharão as inaugurações que acontecerão em Alagoa Grande. Sobrinho ao assumir a gestão herdou aproximadamente vinte e nove [29] obras, que foram abandonadas por gestores que não tiveram a compreensão que os benefícios atenderiam a sociedade em geral. Umas das construções que de início representou o avanço na cidade, foi a construção ou recuperação dos banheiros públicos no centro histórico de Alagoa Grande. Sem esquecer de falar, das escolas da Usina Tanques, Vila São João e Sapé de Julião, prontas e serão entregues ainda este ano.

Compromisso com a cidade: Enquanto muitos políticos de Alagoa Grande estão preocupados em ser reelegeram, buscarem apoios e conseguir votos e sempre pensando em eleições, Sobrinho assumiu o compromisso de lutar e buscar a melhoria do nosso povo. Vejamos, um desses exemplos e seu empenho para a reabertura do Hospital Municipal da cidade, o local praticamente sem atendimentos expressivos há 6 anos, Sobrinho ao assumir a gestão iniciou juntos aos secretários a ideia de arrecadar recursos, nesse contexto, as obras da unidade hospitalar iniciaram com os recursos próprios do município, num valor de quase R$ 500 mil. Veja na fotografia abaixo Sobrinho vistoriando a obra. 

Outros R$ 500 mil serão destinados pelo Governo do Estado, o deputado Júnior Carneiro demonstrou interesse na ideia de Sobrinho, e juntos conseguiram a reativação do convênio com o governador Ricardo Coutinho, no entanto, apenas uma parcela de R$ 57 mil foi liberada.

Sobrinho não para de trabalhar: Demonstrando interesse com o atendimento à saúde das pessoas, Sobrinho iniciou o processo burocrático para iniciar os trabalhos de recuperação do Posto de Saúde do Distrito de Canafístula, a obra do local foi abandonada por gestores passados.

Próximos passos: Em breve apresentaremos novos investimentos do prefeito Sobrinho em Alagoa Grande. O que de fato sabemos, é que Alagoa Grande vive UMA NOVA HISTÓRIA. 

Blog do Galdino/Raelson Galdino