Vaza suposta conversa de Meireles e mostra criação de chapa com médica em Guarabira

Imagem de Renato utilizando tribuna da Câmara.

Uma suposta conversa correlacionada ao vereador Renato Meireles (Cidadania) vazou em grupos de WhatsApp. O conteúdo mostra a formação de uma possível chapa para disputar a Prefeitura de Guarabira nas eleições de outubro pelo partido Cidadania. O print vazou após a veiculação de um possível acordo entre João Azevêdo e o deputado Raniery Paulino.

Possivelmente, ás mensagens em branco é de autoria do vereador Renato Meireles. Até então, o personagem que conversa com o parlamentar é desconhecido. Renato ainda não se pronunciou sobre o vazamento do conteúdo.

Médica pediatra Flávia Paredes, imagem capturada no google.

O print mostra, supostamente, o parlamentar oficializando seu próprio nome como pré-candidato a prefeito e bate o martelo ao citar nome da médica e filha de Aluízio Paredes no cargo de vice-prefeita; “Renato prefeito e Flávia Paredes vice”, e completa; “E vamos correr trecho”, diz conversa.

O responsável pelo vazamento borrou (mancha) o restante da conversa, riscando o conteúdo com uma cor rosa, além de colocar uma mancha em outros trechos. O próprio vereador Renato Meireles chegou a defender no fim do mês passado (março) uma pré-candidatura a prefeito de Célio Alves, atual secretário executivo do Orçamento Democrático Estadual (ODE).

Com o vazamento da formação da chapa entre o parlamentar e a pediatra, nitidamente o grupo coordenado por Célio busca uma alternativa para impedir qualquer aproximação do governador João Azevêdo com o deputado estadual Raniery Paulino, conforme antecipou o Blog do Galdino.

Blog do Galdino